Pular para o conteúdo principal

Negros e Vozes se apresentam no Unipli

 

Grupo musical canta repertório nacional e internacional no Espaço de Convivência da instituição; evento é gratuito.
O grupo vocal Negros e Vozes, da comunidade Grota do Surucucu, em Niterói, se apresentará no dia 14 de abril, às 18h, no Espaço de Convivência do Centro Universitário Plínio Leite (Unipli), controlado pela Anhanguera Educacional. O evento com entrada gratuita explorará um repertório com músicas do folclore sul africano, negro spirituals, Música Popular Brasileira (MPB) e Rhythm and Blues (R&B).
“A versatilidade musical e talento do grupo pode ser conferidos em brilhantes apresentações que já realizaram em diversos espaços culturais no Rio de Janeiro. A harmonia e qualidade nos espetáculos são um dos diferenciais, que trai todos os tipos de públicos”, destaca a coordenadora do Departamento Cultural do Centro Universitário Plínio Leite, Marilda Ormy.
O grupo composto por quatro jovens – Bira, Dinho, Cristiane, Anderson – trarão destaques musicais, como por exemplo, “Corra e Olha o Céu” (Cartola), “Yesterday” (Paul Mccartney), “Kiss and Say Good-Bye” (The Manhattans), entre outros.
Exposição de charges-Além da apresentação musical, no dia 18 de abril, terá a apresentação do artista plástico e designer gráfico Denilson Baniwa, que é aluno de Comunicação Social no Unipli, e desde 2008 dedica-se a ilustrar o cotidiano carioca através de charges e curtas. Serão expostos 10 pôsteres com charges sobre situações diárias da cidade de Niterói. Entrada também é gratuita.
Grupo Vocal Negros e Vozes- Conhecido também nas comunidades como N&V, o grupo vocal Negros e Vozes foi criado em 2000 por três jovens oriundos da própria comunidade, que apresentam diversos estilos musicais, desde músicas do folclore sul africano, negro spirituals, Música Popular Brasileira (MPB) e Rhythm and Blues (R&B). O grupo já se apresentou em diversos locais no Rio de Janeiro, como o Teatro Sesc Teresópolis, Teatro Municipal, programas de televisão, entre outros.
.[Apresentação Grupo Vocal Negros e Vozes, dia 14 de abril, às 18h. Entrada gratuita. | Charges de Niterói, dia 18 de abril, às 18h. Entrada gratuita. Centro Universitário Plínio Leite (Unipli). Avenida Visconde do Rio Branco, 123 – Centro – Niterói/RJ.|Informações: (21) 2199-1464 | www.unipli.com.br].
Perfil-A Anhanguera Educacional Participações S.A é o maior grupo educacional da América Latina em número de alunos e em valor de mercado. Alinhada à nova fase de desenvolvimento do Brasil, a Instituição oferece ao jovem trabalhador conveniência e conteúdo compatível com o mercado de trabalho em seus cursos de graduação, pós-graduação, extensão e formação profissional, contribuindo com o projeto de vida dos alunos de crescimento e ascensão profissional. A companhia é líder no uso de novas tecnologias e está presente em todos os estados brasileiros, com 56 câmpus e mais de 500 unidades de educação a distância, incluindo a Rede LFG, maior especialista na preparação e qualificação de profissionais para atuar com excelência no setor público. Reconhecida pelas melhores práticas de governança corporativa, ingressou na BM&FBovespa em março de 2007 e, atualmente, integra o Novo Mercado.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

NOBRES

Abdias do Nascimento
"A revolução quilombista é fundamentalmente anti-racista, anticapitalista, antilatifundiária, antiimperialista e antineocolonialista"
Adam Clayton Powell
"A liberdade é uma conquista interna, em vez de um ajuste externo".
Aime Césaire
"Para um ser dilacerado por três séculos de aviltamento, o conhecimento de seu continente original restabelece sua dignidade, oferecendo-lhe uma ancestralidade que lhe fora confiscada"
Alice Walker
Não pode ser seu amigo quem exige seu silêncio ou atrapalha seu crescimento.
Alzira Rufino
Sou negra ponto final. Devolvo-me a identidade, rasgo a minha certidão. sou negra! sem reticências, sem vírgulas, sem ausências. Sou negra balacobaco. Sou negra noite cansaço
Amilcar Cabral
" Não vamos utilizar esta tribuna para dizer mal do imperialismo. Diz um ditado africano muito corrente nas nossas terras, onde o fogo é ainda um instrumento importante e um amigo traiçoeiro que quando a tua palhota arde, de nada serv…
ÚLTIMAS DE MUNDOCasa Branca proíbe 'NY Times', CNN e BBC de ir a coletiva de imprensa24/02/2017 16:44Juiz é designado para investigar candidato à Presidência da França24/02/2017 16:30Obama é celebrado por multidão ao aparecer de surpresa em Nova York24/02/2017 16:25Colisão de dois ônibus mata 13 pessoas e fere 34 na Argentina24/02/2017 16:04 RIO — Um documento de 35 páginas vazado pela imprensa americana na terça-feira contém supostas revelações constrangedoras sobre o republicano Donald Trump. O relatório — que teria sido escrito por um ex-agente britânico em caráter confidencial — não teve sua veracidade comprovada oficialmente, mas gerou uma forte polêmica nos EUA. Dentre as alegações no documento, estão supostas atividades sexuais do magnata nova-iorquino e detalhes sobre a sua relação com as autoridades russas antes mesmo de ser eleito presidente dos Estados Unidos. Logo após a divulgação do material, a Rússia negou ter informações comprometedoras sobre Trump. O republic…
Médica acreana presa em Pernambuco A médica acreana Alessandra Bréa Moreno Dantas foi presa pela Polícia Federal na sexta-feira (1), em Caetés (PE). Após concluir o curso de medicina em Pinar del Rio, com bolsa do governo de Cuba, voltou ao Acre, onde em diversas ocasiões procurou a Universidade Federal do Acre (Ufac) para tentar se regularizar. Como todos sabem, os médicos formados no exterior sempre foram tratados com preconceito e descaso por um grupo da Ufac. Alessandra Bréa tinha conquistado na Justiça o direito de trabalhar com registro provisório do Conselho Regional de Medicina (CRM). Como o registro expirou, a médica teve que deixar o Acre após a proibição de trabalhar também com um Termo de Ajuste de Conduta. Ela já havia conseguido revalidar seu diploma pela Universidade Federal do Ceará, mas aguardava a burocracia enquanto fazia plantões em Caetés. Infelizmente, Alessandra Bréa foi surpreendida pela Polícia Federal, após denúncia do CRM de Pernambuco, acusada de exe…