Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Junho, 2014

constação social...

História do Futuro Houve um tempo em que tudo era muito estranho, mas ao mesmo tempo estranhamente normal. As notícias sobre sequestros, assaltos, estupros, violência, tráfico de drogas, já não causavam espanto. As pessoas não se interessavam por tais assuntos, preferiam ignorar. Existia uma tal de “democracia autoritária”. As pessoas não entendiam de política, não se interessavam por política, não participavam da vida pública, porém votavam. Deixavam ser governadas, pagavam para ser governadas. E isso não era questionado, pelo menos não por grande parte da população. A maior preocupação da grande maioria era o “momento”. Viver o momento, trabalhar para ter dinheiro, ter dinheiro para comprar sua casa, seu carro, sair pra festas, ter relacionamentos que por muitas vezes eram tão egoístas e mesquinhos quanto a sociedade em que se vivia. Era um reflexo dela. O amor não era o que nos movia. Procurávamos ser amados em uma sociedade em que só valorizava o dinheiro, as coisas…
Da amizade que não tem preço Fui rever amigos Os de infância Criados todos Juntos e misturados Em nossa linda e querida São José do Calçado
Em cada abraço A vida renasce
São amigos de criança Que não me abraçam Com os braços Mas com o coração Da amizade que não tem preço Mas o mais puro apreço.