Pular para o conteúdo principal

Uma resposta educada ao Reinaldo Azevedo e suas asneiras


4:34:00 PM Postado por Zatonio
Eis uma parte do texto do Reinaldo Azevedo sobre o julgamento, hoje, pelo STF, do direito das pessoas se manifestarem pela descriminalização do uso da maconha, eu volto em vermelho:

No país do avesso, o Supremo Tribunal Federal deve julgar hoje uma ação em que a Procuradoria-Geral da República pede a liberação da Marcha da Maconha. Em nome da liberdade de expressão, a minha aposta é que as manifestações, que caracterizam como todos sabem, clara apologia de algo que é definido como crime, serão liberadas. Pois saibam: este mesmo país está a um passo de proibir os remédios para emagrecimento. A Anvisa, Agência Nacional de Vigilância Sanitária, está numa verdadeira campanha. Lendo o noticiário, entendi que a decisão já está tomada, e todo argumento só serve para que a burocracia se assanhe ainda mais.
Então ficamos assim: somos o país que vai liberar manifestações em favor de prática que é caracterizada como crime — a apologia das drogas — e que vai proibir um remédio que, bem-administrado, salva vidas. O pretexto, nesse caso, é que ele aumenta significativamente o risco de problemas cardíacos em pacientes que já apresentem fatores de risco. Bem, qual remédio não traz também riscos? Fenilcetonúricos não podem beber uma coca-cola. Ela deve ser proibida por isso. A proibição é estúpida, além de se contestada por muitos especialistas.
Vamos analisar os parágrafos acima usando os argumentos do próprio Reinaldo ( sugiro que leiam o post todo ):
1- Creio que o mesmo argumento que ele usa para os remédios contra obesidade sirvam também para  às outras drogas, por que cargas d'agua ele não exige a proibição do álcool,cigarro e cola, principalmente o primeiro, que é disparado a droga que causa mais males à sociedade, bem longe das outras? Talvez para proteger à poderosa indústria que a envolve, muitas delas fortes anunciantes da revista em que labuta.
2- Deveria, o Reinaldo, exigir a prisão do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, de quem é fã declarado ( coitado do FHC!), que anda por aí fazendo "apologia" da descriminalização do uso maconha. Lei é para ser cumprida, como ele se gaba de dizer.
3- Em sua tosca  e tendenciosa análise, estaríamos, a humanidade, na Idade da Pedra, pois leis não poderiam mudar, seguindo o desenvolvimento das sociedades. O direito não cria os fatos, meu histérico, reacionário e tendencioso, Reinaldo, ele apenas os justifica.
4- É gente como ele, em sua grande maioria, que é contra a descriminalização do aborto e depois pedem pena de morte para os milhões de jovens abandonados e sem futuro que assaltam e matam país afora, vítimas de uma sociedade reacionária, que apesar dos problemas e de pessoas como os reinaldos da vida, tenta avançar para ser mais justa e tolerante.
5- Ninguém está fazendo apologia de coisíssima nenhuma, apenas queremos exercer o direito, que a Constituição nos dá, de exigirmos mudanças que achemos justas para a melhoria do país.
Chega, cansei.Ah, têm muitos especialistas, Reinaldo, que são a favor da liberação das drogas, outros contra. É assim que funciona a democracia. 


O post completo do Reinaldo esta aqui Reinaldo Azevedo

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

NOBRES

Abdias do Nascimento
"A revolução quilombista é fundamentalmente anti-racista, anticapitalista, antilatifundiária, antiimperialista e antineocolonialista"
Adam Clayton Powell
"A liberdade é uma conquista interna, em vez de um ajuste externo".
Aime Césaire
"Para um ser dilacerado por três séculos de aviltamento, o conhecimento de seu continente original restabelece sua dignidade, oferecendo-lhe uma ancestralidade que lhe fora confiscada"
Alice Walker
Não pode ser seu amigo quem exige seu silêncio ou atrapalha seu crescimento.
Alzira Rufino
Sou negra ponto final. Devolvo-me a identidade, rasgo a minha certidão. sou negra! sem reticências, sem vírgulas, sem ausências. Sou negra balacobaco. Sou negra noite cansaço
Amilcar Cabral
" Não vamos utilizar esta tribuna para dizer mal do imperialismo. Diz um ditado africano muito corrente nas nossas terras, onde o fogo é ainda um instrumento importante e um amigo traiçoeiro que quando a tua palhota arde, de nada serv…
ÚLTIMAS DE MUNDOCasa Branca proíbe 'NY Times', CNN e BBC de ir a coletiva de imprensa24/02/2017 16:44Juiz é designado para investigar candidato à Presidência da França24/02/2017 16:30Obama é celebrado por multidão ao aparecer de surpresa em Nova York24/02/2017 16:25Colisão de dois ônibus mata 13 pessoas e fere 34 na Argentina24/02/2017 16:04 RIO — Um documento de 35 páginas vazado pela imprensa americana na terça-feira contém supostas revelações constrangedoras sobre o republicano Donald Trump. O relatório — que teria sido escrito por um ex-agente britânico em caráter confidencial — não teve sua veracidade comprovada oficialmente, mas gerou uma forte polêmica nos EUA. Dentre as alegações no documento, estão supostas atividades sexuais do magnata nova-iorquino e detalhes sobre a sua relação com as autoridades russas antes mesmo de ser eleito presidente dos Estados Unidos. Logo após a divulgação do material, a Rússia negou ter informações comprometedoras sobre Trump. O republic…
Médica acreana presa em Pernambuco A médica acreana Alessandra Bréa Moreno Dantas foi presa pela Polícia Federal na sexta-feira (1), em Caetés (PE). Após concluir o curso de medicina em Pinar del Rio, com bolsa do governo de Cuba, voltou ao Acre, onde em diversas ocasiões procurou a Universidade Federal do Acre (Ufac) para tentar se regularizar. Como todos sabem, os médicos formados no exterior sempre foram tratados com preconceito e descaso por um grupo da Ufac. Alessandra Bréa tinha conquistado na Justiça o direito de trabalhar com registro provisório do Conselho Regional de Medicina (CRM). Como o registro expirou, a médica teve que deixar o Acre após a proibição de trabalhar também com um Termo de Ajuste de Conduta. Ela já havia conseguido revalidar seu diploma pela Universidade Federal do Ceará, mas aguardava a burocracia enquanto fazia plantões em Caetés. Infelizmente, Alessandra Bréa foi surpreendida pela Polícia Federal, após denúncia do CRM de Pernambuco, acusada de exe…