Pular para o conteúdo principal

Rock in Rio tem noite de mistura e dueto entre Shakira e Ivete
01 de outubro de 2011  03h46  atualizado às 15h46

comentários
15
A cantora Shakira que fechou a noite em um dueto com a brasileira Ivete Sangalo que se apresentou horas antes. Foto: Ricardo Matsukawa/Terra
A cantora Shakira que fechou a noite em um dueto com a brasileira Ivete Sangalo que se apresentou horas antes
Foto: Ricardo Matsukawa/Terra
FERNANDO DINIZ
Direto do Rio de Janeiro
Bossa nova, reggae e hip-hop. Rock e axé. Samba de raiz e até samba enredo. Tapinha Não Dói com guitarras distorcidas. Diversidade ou confusão, o quinto dia do Rock in Rio 4 foi marcado pela mistura. O show mais esperado da noite, o da colombiana Shakira, foi marcado pela participação da baiana Ivete Sangalo em País Tropical, clássico de Jorge Ben Jor.
A abertura do palco Mundo na noite de sexta-feira ficou a cargo do rapper Marcelo D2. Neosambista, o ex-vocalista do Planet Hemp transitou entre o samba de raiz e a pegada mais agressiva do hip-hop que o revelou.
Na sequência, o grupo mineiro Jota Quest animou o público com sucessos, lembrando os 15 anos de carreira da banda. No fim da apresentação, a banda convocou o público para cantar a música tema do Rock in Rio.
A cantora de axé Ivete Sangalo fez a plateia ferver em seu show, cantando hits como FestaPoeira e Dalila. Mesmo dizendo que faria um "show de axé", a baiana deu uma roupagem de rock para algumas músicas. Ivete inovou o repertório e tocou no violão uma música fora do setlist: a balada More Than Words, da banda de hard rock Extreme.
A empolgação do público com o show de Ivete não foi transferida para a apresentação do americano Lenny Kravitz. Alguns fãs acompanharam o cantor com palmas e cantaram sucessos como American Woman, mas em geral o público parecia apático, diferente do que acompanhou o show da baiana.
Fechando a noite, a colombiana Shakira começou o show com Estoy Aqui, um dos primeiros sucessos do discoPíes Descalzos, que fez muito sucesso no Brasil em 1996. "Estou aqui para vocês, Brasil", disse a cantora no português que aprendeu durante sua turnê no País no início da carreira. Em uma das músicas, a colombiana convidou algumas fãs para subir ao palco e dançar com ela.
Palco Sunset
O compositor João Donato e a cantora Céu promoveram um encontro de gerações da MPB no palco Sunset, na tarde de sexta-feira. A dupla tocou músicas do disco A Bad Donato, considerado pela crítica como uma anti-bossa. Nos momentos solo, a cantora Céu mostrou uma veia blusística ao cantar acompanhada de sua competente banda.
Martinho da Vila, o rapper Emicida e a banda Cidade Negra fizeram um encontro samba-rap-reggae depois. Boa parte das pessoas que estavam na Cidade do Rock assistiram ao show, que contou com sucessos da banda brasileira como Estrada.
Na sequência, o grupo Monobloco, projeto dos integrantes da banda Pedro Luís e a Parede, se apresentou no palco do entardecer, tocando inclusive o samba-enredo Peguei um Ita no Norte. O espanhol Dani Macaco, que mistura rumba com outros ritmos, subiu ao palco animou o público com a música Moving, mas logo viu os fãs escaparem para o show de Marcelo D2, que começou enquanto a programação do palco Sunset ainda não havia terminado.
O que funcionou
Tirolesa 1 - A tirolesa do Rock in Rio recebeu uma média de mil pessoas por dia, segundo dados da produção. Até agora não foram reportados incidentes graves.
Segurança - A Polícia Militar tem atuado dentro da Cidade do Rock. Nos primeiros dias, os PMs eram vistos mais em torno do evento. O Rock in Rio tem a empresa Prosegur como responsável pela segurança.
Comida - Permitir a entrada de lanches na Cidade do Rock ajudou a diminuir as filas gigantescas nas lanchonetes.
O que não funcionou
Tirolesa 2 - O brinquedo tem filas que podem chegar a sete horas de espera. À noite, muita gente reclamou de ter ficado na fila e ter sido barrado. A organização chegou a avisar que a atração fecharia mais cedo, às 23h30, mas houve empurra-empurra de frequentadores da Cidade do Rock revoltados.
Sombra - O forte sol de sexta-feira evidenciou que faltam espaços com sombra na Cidade do Rock. Fãs improvisaram atrás das colunas montadas para as caixas de som.
Palco Sunset - Iniciar o show do palco Mundo quando o do Sunset ainda não terminou voltou a ser um problema. Dependendo da posição no gramado, o som embola, além de prejudicar artistas.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

NOBRES

Abdias do Nascimento
"A revolução quilombista é fundamentalmente anti-racista, anticapitalista, antilatifundiária, antiimperialista e antineocolonialista"
Adam Clayton Powell
"A liberdade é uma conquista interna, em vez de um ajuste externo".
Aime Césaire
"Para um ser dilacerado por três séculos de aviltamento, o conhecimento de seu continente original restabelece sua dignidade, oferecendo-lhe uma ancestralidade que lhe fora confiscada"
Alice Walker
Não pode ser seu amigo quem exige seu silêncio ou atrapalha seu crescimento.
Alzira Rufino
Sou negra ponto final. Devolvo-me a identidade, rasgo a minha certidão. sou negra! sem reticências, sem vírgulas, sem ausências. Sou negra balacobaco. Sou negra noite cansaço
Amilcar Cabral
" Não vamos utilizar esta tribuna para dizer mal do imperialismo. Diz um ditado africano muito corrente nas nossas terras, onde o fogo é ainda um instrumento importante e um amigo traiçoeiro que quando a tua palhota arde, de nada serv…
ÚLTIMAS DE MUNDOCasa Branca proíbe 'NY Times', CNN e BBC de ir a coletiva de imprensa24/02/2017 16:44Juiz é designado para investigar candidato à Presidência da França24/02/2017 16:30Obama é celebrado por multidão ao aparecer de surpresa em Nova York24/02/2017 16:25Colisão de dois ônibus mata 13 pessoas e fere 34 na Argentina24/02/2017 16:04 RIO — Um documento de 35 páginas vazado pela imprensa americana na terça-feira contém supostas revelações constrangedoras sobre o republicano Donald Trump. O relatório — que teria sido escrito por um ex-agente britânico em caráter confidencial — não teve sua veracidade comprovada oficialmente, mas gerou uma forte polêmica nos EUA. Dentre as alegações no documento, estão supostas atividades sexuais do magnata nova-iorquino e detalhes sobre a sua relação com as autoridades russas antes mesmo de ser eleito presidente dos Estados Unidos. Logo após a divulgação do material, a Rússia negou ter informações comprometedoras sobre Trump. O republic…

chepor

chepor dilma...eagora Brasil...
La vida y obra del Che Guevara suscitó, en los años inmediatos después de su muerte, un notable número de biografías. Probablemente, ninguna personalidad histórica de este siglo luego de perecer recibió una atención tan extendida, numerosa y variada en biografías publicadas en tan breve tiempo. Sin embargo, la mayoría de estas biografías contribuyeron más a tergiversar que a explicar correctamente la vida del Che. Casi todas escritas en breve lapso, resultaron carentes de rigurosidad y seriedad. Sus autores cedieron al afán de lucro y de promoción individual, aprovechándose del interés universal que despertaba la personalidad del Guerrillero Heroico.  Algunos de ellos trabajaron por encargo de la Agencia Central de Inteligencia de los Estados Unidos (CIA) y otros hicieron diversas interpretaciones superficiales, capciosas e intencionadas, movidos por su ideología y valores políticos ajenos o contrarios al pensamiento y la acción del Che.
Cuando estaba …